sexta-feira, 16 de maio de 2014

Robô de Batalha com Senso Ético


O Exercito dos EUA vai investir 7,5 milhões em dinheiro para pesquisadores desenvolverem um senso de consequência moral em sistemas robóticos autônomos.

O debate sobre a moralidade dos autônomos "robôs assassinos" continua. No início de maio de 2014, os críticos estavam pressionando o Canadá para proibir armas autônomas, e as Nações Unidas (ONU) em Genebra, está reunida com o objetivo de chegar a um acordo internacional sobre a proibição de robôs assassinos . Agora os militares dos EUA estão se juntando a campanha para desenvolver robôs assassinos com o raciocínio ético, informa Defesa One .  " Mesmo que os sistemas não tripulados de hoje sejam 'mudos' em comparação com uma contraparte humana, avanços estão sendo feitos rapidamente para incorporar mais automação em um ritmo mais rápido do que vimos antes ", Paulo Bello, diretor do programa de ciência cognitiva no Gabinete do Pesquisa Naval contou ao Defense One ."Por exemplo, os carros de auto-condução do Google são legais e estão em uso em vários estados neste momento.  " Os militares dos EUA proíbem robôs letais totalmente autônomos. Fonte:Defence One

A Tecnologia se movimenta de forma lenta

Teletransporte, skate flutuante, carro voador, holograma, tênis que se ajusta sozinho e robôs caminhando por ai...Cade esse futuro que não chega nunca? Já estamos nos anos 2000 e ainda não vi um computador bater um papo com um ser humano.

Desde pequeno sonho em ver um robô caminhando por ai entre os humanos, um carro voador ou bater um papo com uma maquina inteligente. O mais próximo que consegui, foi perguntar alguma coisa para o assistente Google Now.

Lembro da minha infância, quando eu ficava no corredor do meu prédio "fabricando" meus brinquedos, e quando um vizinho passava, eu ouvia: "olha o cientista ai...esse menino ainda vai explodir esse prédio" kkkk.
Será que vou morrer e não ver esse futuro chegar?


Cadeira de Rodas Robótica da Toyota


A Toyota é conhecida por fabricar automóveis, mas mudou um pouco e apresentou a Mobiro, uma cadeira de rodas robô de assistência humana. Este robô pode subir escadas e superar quase qualquer obstáculo em seu caminho. Equipado com um motor de 50cc, pode atingir a velocidade de 28 km/h.Mais Info



Braço Robótico Luke Skywalker ( DEKA Arm System)

Braço DEKA

Nos EUA, a Food and Drug Administration (FDA), aprovou o braço robótico apelidado de Luke em referencia ao Luke Skywalker do universo de Star Wars. O Deka Arm System é controlado por sensores de eletromiografia conectados usuário.

Braço de Luke Skywalker no Filme
A prótese é fabricada pela Deka sistemas integrados, e foi inspirada no braço robótico usado por Luke Skywalker no filme.

Criado pelo inventor do Segway Dean Kamen, o novo braço tem a mesma forma e peso de um braço humano. Ele detecta contrações musculares próximo a área conectada ao utente, e permite fazer 10 movimentos diferentes.

O desenvolvimento do braço robótico foi financiado pela DARPA, e levou aproximadamente 8 anos do papel para a aprovação da FDA. DEKA site


quarta-feira, 7 de maio de 2014

Monkey Light Pro


Já imaginou ter um display na roda de sua bicicleta?...O Monkey Light Pro faz exatamente isso, usando um fenômeno chamado de persistência da visão. Esse fenômeno ou ilusão é provocado quando um objeto visto pelo olho humano persiste na retina por uma fracção de segundo após a sua percepção.
Para maiores informações visite o site Monkey Lectric.

Sense 3D scanner


O Scanner portátil Sense 3D, da ao usuário a capacidade de digitalizar objetos físicos. Em uma demonstração, uma pessoa digitalizou um busto e o imprimiu em uma impressora 3D.
O Sense 3D esta disponível para windows e Mac... Para maiores informações visitem o site da Cubify

terça-feira, 6 de maio de 2014

Epson Moverio BT-200


O Óculos de Realidade Aumentada da Epson Moverio BT-200 já está disponível para encomendas. O produto será vendido por $699,99 tornando-se uma alternativa ao Google Glass. O BT-200 tem vários sensores, incluindo um giroscópio, acelerômetro e bússola magnética, bem como uma câmera frontal para fotos, videos e aplicativos de realidade aumentada.

O Moverio BT-200 conta também com Wifi, Bluetooth, memoria removível até 32GB, som Surround Dolby Mobile, conteúdos em 3D e quase 6hs de duração de bateria.

Saiba mais em: Epson

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Será o fim do Gesso ortopédico?

Depois de um trauma ou uma torção podemos ter que utilizar uma imobilização. Em especial nos casos em que o trauma resulta em uma fratura. 
O gesso é composto de uma bandagem que quando molhada, pode ser moldada e ao secar fica resistente. Serve para manter a posição do local machucado até que tudo esteja bem novamente.

O Designer brasileiro Pedro Nakazato Andrade projetou uma peça ortopédica de alta tecnologia que monitora a recuperação através de sensores eletromiográficos. Apelidado de Bones, o novo elemento monitora a atividade muscular em torno de uma fratura em tempo real sem fios, fornecendo os dados para um site onde os médicos podem acessar e por sua vez dar ao paciente o parecer necessário. 


Outro Designer apresentou uma nova solução que promete ser 40% mais rápida que o gesso tradicional.
Deniz Karahasin criou um conceito personalizável feito em impressora 3D com tecnologia de ultra-som  que poderia acelerar a cicatrização óssea. Para que a peça se encaixe perfeitamente, o membro afetado é digitalizado por um Scanner de corpo 3D.